Páginas

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

PALAVRAS PONDO A RIMAR...

O autor do blogue vai afirmar
o autor do blogue do espírito fala
o autor do blogue quer vociferar
aquilo que a boca não cala...
 
---------------------------------------
 
A natureza é cruel...
Não se compadece com ninguém
não é sempre aquele pote recheado de mel
e quando se pensa que alguém,
a ela pode escapar
tolice, desvario, engano, desdém
só nos estamos mesmo a enganar!
 
Por vezes cruel, por vezes ardente
o poeta ama a natureza
sabendo que a mesma não mente
e canta toda a sua incrível beleza!
 
E a admira em horas más
continua a elogiar,
a tal natureza que assim o faz
palavras pondo a rimar...
 
Rima que fala de ser
rima que do espírito fala
que fala de um modo de ver
de ver o modo da fala!
 
 

 
 
(do autor Sérgio Moreira)
 
 

OUTUBRO MARCANTE...

Este mês de Outubro foi deveras marcante!
 
O autor do blogue dele se despede com amargos de boca, cansado e desejando que cheguem rapidamente melhores dias, dias de sol, dias de intensa luminosidade, volta alegria, volta felicidade, voltem aos poucos e aos poucos tornem o autor do blogue mais feliz!
 
O autor do blogue anseia pelos verdes de Lanheses, pelo azul acinzentado do Lima em tempos de Outono, o autor do blogue anseia pelo canto das aves, pelo grito estridente do Buteo, pelo grito tresloucado do Gaio em fuga, da Gralha calcorreando os areais do Lima, o autor do blogue anseia por liberdade, paz e descanso!
 
 
 
 
 
Cada dia uma pequena vitória, uma pequena luta ganha na enorme batalha pela vida e de vitórias se constrói a vida, a derrota é para os fracos e vencidos que um dia, numa batalha, grande ou pequena se deixaram vencer...desistiram!!!
 
Vai Outubro vai e não voltes!
 
 

NOITE DAS BRUXAS!

Muitos afirmam que elas existem, outros que não, o autor do blogue acredita que o ser bruxa(o) está em cada um de nós, no seu mais intimo e tão depressa o nosso "eu" interior pode revelar a faceta de anjinho, como num ápice, revelar a de tenebrosa bruxa...
 
Nesta noite reza a lenda que elas andarão por aí agarradas à sua icónica vassoura, e se lhe perguntarem - Doçura ou travessura? - opte pela primeira hipótese, verá que será bem mais agradável!
 
 
 
 
 
Feliz noite das bruxas!
 

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

UM SORRISO...

Um sorriso
um acenar de mão
um desejo conciso
alegria no coração...
Vozes soam baixinho
em tempos de recuperação,
uma imagem de carinho
para sempre emoção!
 
De te ver assim florir
e assim também a sorrir!
 
(do autor Sérgio Moreira)
 
 

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

MOMENTOS - UM CALMO OLHAR SOBRE A ALDEIA...

Momentos os há em que a sós o autor do blogue tem por breves instantes a disponibilidade de observar a aldeia, fotografá-la, esquecer tudo, esquecer o mundo, esquecer a vida...
 
O autor do blogue deve uma explicação aos leitores que esta página assiduamente lêem, quer em busca de novidades da aldeia que a mesma página retrata, Lanheses, quer em busca de outros variados temas que aqui são redigidos. Os tópicos aqui postados têm sido de teor mais curto, pois em virtude de situação do foro familiar o tempo livre que o autor do blogue, ao blogue, dedica, em muito se encurtou.
 
No entanto com grande espírito de sacrifício, o  mesmo autor tem tentado a custo manter esta página actualizada mesmo que por vezes ( e não está a mentir se o disser) que a vontade é praticamente nenhuma! Sinceridade e honestidade acima de tudo e o autor do blogue doutro modo não consegue ser! Mas como muito preza a amizade que muitos lhe merecem e lha dão, continua a esforçar-se por manter actualizado aquele espaço que é quase como um filho, que muito a custo se quer manter, na obrigação a isso se sente, e acima de tudo quer vê-lo crescer!
 
A todos (sem citar nomes) que têm mantido e proferido votos de coragem e de força para lutar traduzidos nas mais variadas manifestações de apoio e de solidariedade, o autor do blogue agradece emocionado e profundamente sentido!
As próximas imagens que deram um imenso prazer, ao autor do blogue, fazê-las, são uma espécie de agradecimento por tudo o que de vós amigos, este que aqui escreve, de vós tem merecido receber!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O DIA DE AMANHÃ (dia 29) SERÁ UM DOS MAIS LONGOS DIAS PARA O AUTOR DO BLOGUE, ESTAS IMAGENS VÊM CONTRARIAR O NERVOSISMO, SÃO PURA CALMA, SÃO PAZ PURA...
 
 
 

domingo, 27 de outubro de 2013

ATÉ SEMPRE LOU...

SATELLITE´S GONE UP TO THE SKIES...


 
 
ATÉ SEMPRE LOU...
 
 

FEIRINHA DOS ESTUDANTES.

Nas instalações do centro escolar de Lanheses, decorreu mais uma feirinha organizada pelos professores e alunos do mesmo, onde se vendiam diversos tipos de produtos. O autor do blogue andou por lá com a Fuji em punho e captou alguns desses jovens e seus professores, assim como muito público anónimo, em momentos de agradável convívio.
 
 
 
 


 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Duas fotografias da Feira Quinzenal!

 
 
 
 
 
A feira quinzenal, continua a ser muito procurada por todos aqueles que acham neste espaço, poder encontrar e comprar os bens essenciais para uso no seu dia-a-dia e neste sábado se verificou um acréscimo significativo de populares ao local onde a mesma se realiza.
 
 

sábado, 26 de outubro de 2013

DEPOIS DA TORMENTA...

Depois de um dia de chuva torrencial como foi aquele que se viveu na passada quinta-feira, o autor do blogue tinha de dar a sua voltinha pelas áreas mais próximas ao Lima de modo a certificar-se que muitos não foram os danos causados na paisagem motivados pelo autêntico dilúvio que se abateu sobre Lanheses e um pouco também sobre toda a  região norte do país.
 
Algumas áreas inundadas, coisa pouca, e o leito do Lima com um caudal acima do normal foi o que se registou e fotografou e que em seguida se posta.
 
 
 
O descanso das barcas...
 
 
 
A barca inundada...
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Alagado...
 
 
Momentos que ao autor do blogue, por estes dias, bem falta faziam...
 
 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

O CINEMA ESTÁ de VOLTA a VIANA do CASTELO!

Para os amantes da sétima arte, eis uma boa notícia!
 
Viana do Castelo, cidade capital de distrito que de há tempos a esta parte se viu, por motivos económicos, privada da exibição de filmes nas quatro salas de projecção de filmes que compõe a sala de cinema sito no shopping da cidade, já tem de novo, o referido espaço a funcionar.


 
 
Uma lacuna de tamanho descomunal, a cidade ver-se de repente privada do seu conjunto de cinemas, no entanto agora preenchida e de novo a funcionar; para os amantes da sétima arte, por certo, uma óptima notícia e para o autor do blogue uma satisfação de grande tamanho, poder anunciá-lo aqui neste espaço virtua,l pois era no mínimo doloroso constatar que uma cidade capital de distrito se visse privada de um espaço que servisse o público amante de cinema.

Que se mantenha aberto e a funcionar por muito tempo!

 
 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

AS PALAVRAS TAIS!

As palavras que tinha para te dizer
são as palavras que te não disse
mas acredita e podes crer,
mesmo que palavras tais não as sentisse
seriam as palavras que teria de te ler
até se o olhar, palavras tais nunca as visse!
 
Era quem escreve, um menino,
fraco, frágil, pouco sadio,
um ser assim tão pequenino
com poucos dias, tão doentio...
tu eras homem, eras forte
másculo, hercúleo, moreno, cabelos negros
olhos de um verde de muita sorte
encerrando em si mil segredos...
 
Força bruta da natureza
desprovido de maldade
amor incondicional, arca, cama, casa, mesa
quando abraçaste na maternidade
e numa noite, desesperado
com um filho pequeno, estando doente,
ajuda pediste a um soldado
o salvasse de morte certa, morte premente!
 
E a vida crua, se adocicou,
verdes anos o que se seguiu
o soldado o filho te salvou
pra ti, pra mim, bela sorriu
a vida os dois assim juntou
amor de pai, amor de filho, maliciosamente a vida uniu!
 
Agora és tu quem pedes salvação
e eu impotente, só tenho para te dar o meu abraço
a ti eu dou meu coração
sofrido, inundado em muito cansaço,
perder-te não quero, não quero não,
continua de mim a fazer parte
chega-te a mim, pelos anos e anos
estou aqui para abraçar-te
e juntos concretizarmos muitos planos!
 
A tal vida maliciosa
pregou-nos a mais dura das partidas
a palavra nunca dita, agora é perigosa,
mas não será ainda o tempo para despedidas...
Vou gozar-te até ao fim
vou dizer-te as palavras tais
dar-te todas as palavras que tenho em mim
até que sem forças o consiga mais!
 
Choro...acredita é bem verdade!
Ao ver-te assim inseguro e frágil
quero-te comigo para a eternidade...
e que venhas a ser aquele pai de sempre
forte, másculo, tão doce e ágil!
 
 
 
 
 
 
(do autor Sérgio Moreira)
 

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

LARÁPIOS À SOLTA POR LANHESES!

Esta madrugada a pacata aldeia de Lanheses foi visitada pelos amigos do alheio e foram vários os comércios locais situados no largo Capitão Gaspar de Castro vulgo Largo da Feira e na Rua de Santa Eulália, que foram violentados e assaltados pelos larápios, ou pelo larápio, desconhece-se na totalidade se foram vários ou só um!
 
Provocando inúmero prejuízos materiais a seus proprietários, os estabelecimentos visados fornecem serviços na área do pronto a vestir, mercearia, cafetaria e até um laboratório de análises clínicas. Um conhecido café, deste pequeno burgo, só não foi assaltado por causa do amadorismo demonstrado pelos meliantes que dele acabaram por desistir, mas que mesmo assim tentaram forçar a entrada!
 
É caso para se dizer que o diabo (se existe) andou à solta esta madrugada por Lanheses!
 
Lamentável que gente que trabalha e que vive somente do seu honesto trabalho, tenha de aturar e arcar com os prejuízos que esta escumalha que anda para aí de noite (e mesmo de dia) sem ter nada que fazer, nem tão pouco com que se preocupar, com o beneplácito das leis e do estado a que a justiça chegou neste país, continue a desgraçar a vida de muitos daqueles que vão vivendo honestamente...
 
A polícia especializada está no local a recolher indícios e elementos sobre os crimes perpetrados!
 
Para grandes males, remédios maiores...há quarenta anos atrás isto não aconteceria! Medo e respeito andavam constantemente de mãos dadas!
 
Algo terá de mudar...
 
 

Para relaxar e descomprimir...

Não estando com a mínima das apetências cerebrais para nada, um set de fotografias para relaxar e descomprimir, retratando um pequeno ser vivendo o seu dia-a-dia...
 
E não é mentira se o autor do blogue afirmar que se sente cansado e arrasado, pelos dias que passaram, pelos que passa e por aqueles dias pelos quais ainda passará!
Hoje é dia de "descanso" para quem descansado nada está, uma espécie de folga em tempos de guerra, em tempos de luta...amanhã será dia novamente, de levantar a cabeça e lutar...

Hoje descansa o autor do blogue!

 
 
 
 
 
Até que outras vontades surjam...
 
 
 

sábado, 19 de outubro de 2013

ATÉ SEMPRE - CARTA de DESPEDIDA de EZEQUIEL VALE A TODOS OS LANHESENSES!

PARA DIVULGAÇÃO!
 
MISSIVA DE DESPEDIDA ESCRITA POR EZEQUIEL VALE DIRIGIDA A TODOS OS LANHESENSES!
 
 
ATÉ SEMPRE PRESIDENTE...
 
 
 

RELATÓRIO DE CONTAS - JUNTA de FREGUESIA de LANHESES!

PARA DIVULGAÇÃO!
 
 
Para os eventuais interessados, e num processo de total transparência, se divulga informação de teor revestido da mais alta importância! Passando a citar, no SSVSA se publica e informa relatório de contas da Junta de Freguesia à data da posse do novo executivo sufragado a 29 de Setembro em eleições autárquicas.
 
"A Junta de Freguesia de Lanheses informa que, na presente data, em que é empossado um novo executivo, possui, em caixa, uma verba disponível no valor total de 2704,69 euros. Contudo, regista-se, em facturação por pagar, a quantia total de 2348.69 euros, referente a serviços prestados, obras ou fornecimentos realizados, bem como com operações de tesouraria. Assinala-se, por isso, um saldo positivo no valor de 356,00 euros. Mais se informa que a Câmara Municipal de Viana do Castelo tem em dívida, para com a Junta de Freguesia, um total de 27.500 euros referentes a protocolos ou deliberações extraordinárias para obras."

O executivo cessante.

 

A ÚLTIMA OBRA...

O título do post até poderia dar nome a um livro, mas não, não dá. Dá título a um post que retrata uma obra edificada em pleno Parque Verde, como a última executada sobre ordens e projectos do executivo da Junta de Freguesia cessante, liderado por Ezequiel Vale.
 
Está concluída a edificação da instalação do hangar para guarda de canoas utilizadas na prática desportiva de lazer, recreação e competitiva, no Rio Lima, na freguesia de Lanheses faltando no entanto o apetrechamento com mobiliário e equipamento, a preencher nos mandatos futuros, se é que assim a edilidade o vai entender realizar.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Conforme se constata, nos trabalhos aprovados por vários organismos governamentais, existiram muito cuidados ambientais com a área em apreço. O local tendo vindo ao longo dos anos a beneficiar de intervenções com vista à disciplina do uso do solo, tendo sempre em consideração a defesa e salvaguarda dos valores naturais em presença e a recuperação e valorização ambiental do espaço em questão. Por isso, a estrutura instalada se trata de uma edificação em madeira e assente em estacaria, sem impermeabilização do solo, que enquanto recurso natural não foi alterado encontrando-se disponível para qualquer eventual utilização dado se tratar de implantação de uma estrutura amovível. Não existiram movimentações de terras que alterassem a topografia local existente e ou afectassem a fauna e flora.

Ao visitante e utente do Parque Verde, a arquitectura do hangar de canoagem lhe poderá fazer lembrar (não sabemos se foi essa a intenção) um local de depósito de milho, vulgo caniço, com uma espécie de eira no seu acesso, com irregularidades nas extremidades e ao jeito da solução encontrada no topo dos esteios na protecção dos grelhadores existentes mais a norte. Trata-se por isso de uma estrutura devidamente integrada num local e ambiente rural onde se colhe sobretudo milho e onde anualmente se realiza a Festa do Milheiral.

De referir e salientar que o projecto foi todo ele realizado por jovem lanhesense com formação em aquitectura e que impregnou neste projecto todo o seu saber adquirido ao longo dos anos de estudo e que resultou num belo edifício plenamente enquadrado com a paisagem, assim respeitando tradições, e mais elementares usos e costumes lanhesenses.

Uma marca que perdurará pelos tempos na paisagem lanhesense, identificativa de oito anos de um mandato que desagradando a muitos, é certo (não se agrada nunca a gregos e a troianos), de grosso modo marcou para sempre outros tantos e agradou amplamente à grande maioria dos lanhesenses.

 

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

HORAS...

Horas boas as há
outras más também ocorrem
tristezas para quem cá,
fica, quando muitas esperanças morrem,
transformam-se horas boas
num súbito, em horas muito más,
assim talvez me perdoas
por te salvar não ser capaz...
 
As palavras arduamente
saem deste coração
em horas dolorosamente
preenchidas por decepção!
 
Com o mundo
com a vida
lá no fundo
tão sentida!
 
Sofre o autor do blogue
quando sabe, nada fazer...pode!
 
(do autor Sérgio Moreira)

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

ESTRANHA CONDIÇÃO HUMANA!

Estranha condição humana
passar, por vezes, dias em festa
alegria e vivência mundana
e num súbito, um calafrio pela testa,
deixando um vazio
por aquilo que nos resta,
no espírito um sopro frio
pois a vida nem sempre é a tal festa...

A vida por vezes prega partidas
deixando humanos seres, de cabeças perdidas...

(do autor Sérgio Moreira)

terça-feira, 15 de outubro de 2013

MAIS UM VOO DO BUTEO...

Ao dar o seu passeio diário na companhia dos seus peludos pela veiga, do nada perante o seu olhar, o autor do blogue, assistiu a um espectáculo natural curioso e de beleza ímpar! Um casal de águia-de-asa-redonda, vulgarmente mais conhecido como buteo, levantou voo numa dança entre si de tremenda beleza mesmo ali em frente a humano e boquiaberto olhar, se é que o olhar alguma vez possa ser boquiaberto, até alcançar as alturas no céu azulado e lançando o seu grito estridente tão característico, ecoando lá do alto pelos silenciosos pastos da veiga!
 
O autor do blogue prostrou-se em verde chão, deu ordem de silêncio aos peludos e clicou no obturador da Fuji até perder as aves de vista. Um espectáculo digno de se ver e que agora partilha com o leitor que eventualmente possa estar a ler esta linhas!
 
 
O casal levantando voo!
 


Imagem ampliada em computador de uma das aves.
 
 
 
Idem, idem.
 


Idem, idem.
 
 
 
 
 
Ondulante e bela, a valsa da natureza e que humanos olhos podem mirar! O autor do blogue é um homem de sorte...
 
 

domingo, 13 de outubro de 2013

SARAU NOCTURNO - AUDITÓRIO GABRIEL GONÇALVES - CONVÍVIO SOCIAL (2ªparte).

(continuação do post anterior)


Depois do espectáculo de variedades ter decorrido conforme o planeado no programa, depois do discurso do presidente cessante Ezequiel Vale, por este, todos os participantes neste sarau foram convidados  a passarem à área social contígua ao auditório professor Gabriel Gonçalves, o bar, de modo a brindarem e degustarem um champagne de honra e também a privar um pouco socialmente.
 
Antes do brinde, foi descerrada a bandeira da freguesia que tapava uma realização da autoria de Rosa e Isidoro Cunha, um grande pote em vidro, pejado de moedas de um, dois e cinco cêntimos que foram amealhando durante anos, depositando as mesmas no mesmo pote e que em noite de celebração, decidiram oferecer em homenagem a Ezequiel Vale, à Junta de Freguesia. Pelos motivos óbvios não se vai aqui falar do valor que está encerrado no pote nem no número de moedas que o enchem, talvez de modo a não chamar a atenção da curiosidade alheia, pretende no entanto o autor do blogue, que fique aqui registada fotograficamente esta peça e o valor simbólico que a mesma encerra, ou seja através dela a personificação da tremenda amizade que Rosa e Isidoro sentem pelo presidente cessante e pelo trabalho realizado ao longo de oito anos aos comandos da edilidade!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Passou-se então após este acto solene ao brinde de honra com champagne e todos os participantes brindaram com o presidente cessante. Seguiram-se momentos de alegre convívio e de muita cavaqueira, onde foram muitos os que aproveitaram para privar um pouco mais de perto com Ezequiel Vale e mesmo com os outros participantes. Se o espectáculo de variedades foi de qualidade tremenda, o convívio social não o foi menos, com o autor do blogue testemunhando a inocente alegria daqueles que diante os seus olhos se sentiam tremendamente felizes por estarem a participar não em noite de despedida, mas antes em noite de comemoração! Bonito de se ver!
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O futuro...
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
À chamada de atenção de José Alberto Amorim os presentes silenciaram-se e foi a vez do autor do blogue tomar do uso da palavra e dirigir alguns comentários a Ezequiel Vale, decidindo-se por fazer uma analogia desde os tempos há já vinte e muitos anos, quase trinta, em que ambos se conheceram, nos tempos em que Ezequiel, em principio de carreira, foi professor de educação física do autor do blogue com a linda e inocente idade de treze anos, na Escola Secundária de Santa Maria Maior; falar do posterior afastamento, pois a vida é mesmo assim, feita de encontros e desencontros e posteriormente falar do reencontro algo especial, entre ambos, junto ao regato "Olho", quando Ezequiel obstinadamente pregava o tecto em madeira do posto de observação ambiental e muito simpaticamente respondendo ao cumprimento de -Boas tardes - da parte do autor do blogue logo ali com toda a simplicidade que lhe é característica, descendo do tecto da estrutura em madeira, lhe falou dos variados projectos que tinha em mente para Lanheses e suas gentes! O autor do blogue logo ali elaborou uma ideia acerca deste homem que em tudo se veio a confirmar no decorrer dos seguintes anos de intenso convívio. Ora o autor do blogue não é pobre e muito menos mal agradecido e quis perante todos os presentes homenagear Ezequiel entregando-lhe uma simples lembrança em forma de agradecimento por tudo aquilo que deu ao blogue e que foi muito. Se hoje em dia o blogue é participado por muitos lanhesenses, comentado e amplamente divulgado também junto das comunidades internacionais dando novas da sua terra natal à imensa comunidade emigrante (a quem desde já o autor do blogue saúda), foi precisamente por causa dele, Ezequiel Vale, que muita matéria deu a este blogue e teve a inteligente visão de perceber que os blogues de Lanheses, quer este, quer o do amigo Remígio Costa, seriam um importante meio de divulgação desta bela aldeia e do seu povo obreiro!
 
Por tudo isto e tremendamente agradecido o autor do blogue entendeu que deveria presentear Ezequiel Vale, com lembrança que o faça por muito tempo (ou não) relembrar estes anos de intensa camaradagem, muito trabalho e fundamentalmente a maior das conquistas para o autor do blogue com a realização deste blogue, a conquista da sua amizade e a dos muitos com quem o autor do blogue vai convivendo diariamente! A ele e a todos, não um obrigado, porque o autor do blogue até detesta a palavra obrigado; obrigado a nada foi assim como vós obrigados a algo não o são, prefere destacar um intensamente agradecido pela amizade vinda quer dele, quer de todos vós! 
 
Lembrança entregue, abraço sentido trocado!

Sem as tradicionais calças de pijama, como muitos o afirmam, e sorridente, lá aparece na fotografia o autor do blogue em tempo de discurso e em tempo de homenagem.
 
 
 
O autor do blogue aqui no seu discurso falava da primeira vez que pegou numa sachola a convite de Ezequiel aquando da realização do já longínquo e primeiro Milheiral, preparando o terreno, e na terrível semana que se lhe seguiu com as mãos cheias de grandes e rebentadas bolhas nas mãos...(risos).
 
 
 
 
 
 
Oferta da singela lembrança.
 
 
 
 
 
 
As palavras dirigidas a Ezequiel - Não um adeus, antes um, até já...
 
 
Singela salva de prata selando anos de prolifera convivência!
 
 
 
 
 
Tecendo considerações acerca da importância que os blogues para ele representavam como meio crucial de divulgação e promoção de Lanheses quer a nível nacional, quer a nível internacional.
 
 
 
O agradecimento àqueles que de modo muito particular, de modo virtual, trabalham em prol de Lanheses.
 
 
Na recta final foram alguns ainda que desejaram proferir palavras de agradecimento a Ezequiel Vale por tudo o que fez pela freguesia e pelo modo extraordináriamente dinâmico com que impregnou a sua presidência.
 

 
 
 
 
Passado, presente e futuro, numa imagem só!
 
 
Alta ia a hora quando os primeiros participantes neste evento resolveram voltar a suas casas, satisfeitos quer pela qualidade do espectáculo de variedades visualizado, quer pelo motivo que os levou nesta sexta-feira à noite ao edifício seda da Junta de Freguesia, para darem um último abraço de agradecimento ao homem que em oito anos tanto fez por esta aldeia. Foram inúmeras as obras que Ezequiel Vale e o seu executivo a nível civil realizou, desde arranjo de caminhos, beneficiamento de largos e arruamentos, zonas bem precisas e devidamente identificadas para o depósito dos lixos urbanos, e muita mais que agora talvez até nem venham à memória do autor do blogue, que no entanto, gostaria de sublinhar duas das maiores realizações que este homem simples ousou implementar na sua aldeia, em primeiro a devolução à comunidade lanhesense da zona envolvente ao rio Lima com o projecto "Parque Verde" e "Cais do rio Lima", transformando e devolvendo um espaço que se encontrava em miserável estado de semi-abandono, às gentes da aldeia, que hoje em dia o usam regularmente para o gozo de actividades lúdicas e se transformou numa espécie de cartão de visita desta aldeia , em segundo o projecto "Ecomuseu" um extraordinário meio de propaganda e de publicidade daquela que é a componente histórica de uma das mais tradicionais e rurais aldeias do concelho de Viana do Castelo, com direito a espaço virtual de modo a que sejam muitos a ter mais rápido acesso às belezas e historicidade que esta aldeia tem para oferecer a quem a visita.
 
Foram oito anos de intensa actividade, foram oito anos de muito dinamismo, de fervilhante aposta na cultura, foram anos em que as portas de edilidade se abriram não só para receber o munícipe queixoso mas também receber o munícipe que vinha ao encontro da cultura, não há como ignorar as famosas tertúlias(!) e se a alguém devem os lanhesenses agradecer, essa pessoa responde pelo nome de Ezequiel Vale!
 
Lanheses está bem e recomenda-se, orgulhosa da sua génese rural, simples, dinâmica e acolhedora para o forasteiro. Muito ainda há por certo para ser feito, mas muito também no passado se fez, portanto, oxalá o rumo traçado por Ezequiel Vale venha a ser seguido pelos seus sucessores, como o autor do blogue certo está que o será!
 
Ao Ezequiel por tudo o que deu a este espaço virtual e a Lanheses, um agradecido autor do blogue e um amigo, até já...
 
Sabes bem onde encontrar o autor do blogue, que se não estiver em casa, estará por certo junto ao rio Lima, ou pela veiga, ou então até no Parque Verde!
 
Até já...