Páginas

terça-feira, 31 de março de 2015

Num adeus a este mês de Março!

Nada existe de mais aprazível que o tradicional passeio a pé na companhia dos peludos, pelos caminhos da veiga! Um sem fim de sensações, uma calmaria enorme, na alma, a crescer, bandos de aves no céu a voar, o Lima a baixo a serpentear e ao fundo, a norte, o majestoso promontório da Senhora do Minho como que a velar pelas populações deste enorme vale!




Imagem deste vale onde alma e ser se imiscuam em variados quadros de terna beleza, numa adeus a este mês de Março de 2015...

Se bem pensar, um trimestre deste ano já passou! O tempo voa!



segunda-feira, 30 de março de 2015

AQUELE PEQUENO PONTO VERMELHO

Aquele pequeno ponto vermelho
o meu olhar nele prendeu
não era insecto, não era escaravelho,
era apenas um pequeno ponto vermelho
e à sua beleza o meu olhar se rendeu!

Uma bela e simples flor
de formas tão sensuais
irradiando vermelho, como vermelho é o amor,
estames, pedúnculos e outros que tais,
reunidos em tão pequena flor!

Ser grande não chega para chamar a atenção
por vezes pequeno, basta ser,
tal como este pequeno e vermelho botão
necessário é irradiar, beleza digna de se ver!







(do autor Sérgio Moreira)


SUGESTÃO DE LEITURA

A sugestão de leitura deste mês no blogue, como não poderia deixar de o ser, homenageia Luís Miguel Rocha, desaparecido recentemente do mundo dos vivos, com o seu primeiro livro, "Um País Encantado". 

Nele, o autor/narrador, de forma muito lúcida, propõe ao leitor uma viagem no tempo a um Portugal já desaparecido, o Portugal da década de trinta do século passado, coincidente com o início do regime ditatorial , onde o deslumbramento com o exterior era enorme entre as classes sociais que existiam há época, e a pobreza de uns, e riqueza de outros, se misturam e nos dão um retrato fabuloso de tempos não muito diferentes daqueles que se vivem hoje em dia!



Para quem não conhece o autor, aqui fica uma espécie de porta de entrada no universo de livros que escreveu, poucos, refira-se, a quem uma morte ocorrida demasiadamente cedo impediu que compilasse um grandioso manancial de, como atrás já referido, obras escritas!


MEU JARDIM PERFUMADO

Meu jardim perfumado
odor deveras adocicado
uma imagem, um momento,
em ajardinado pensamento
num mundo de vegetal ternura
perdido neste jardim de candura!




(do autor Sérgio Moreira)


domingo, 29 de março de 2015

SSVSA - 4 ANINHOS!

Há quatro anos atrás, um mergulho! 

Um mergulho em palavras e imagens, um mergulho na escrita e na blogosfera, um sulcar o fundo dos mares e emergir à superfície, voar bem alto, descer bem fundo outra vez, isto repetidamente, vezes e vezes sem conta, tendo como pano de fundo, como cenário, o sentir e o pensar de uma pessoa, o autor deste blogue.

Escrita, sensações, viagens, imagens, festas, tertúlias, Lanheses, alegrias, decepções; enfim, o blogue tem sido para o seu autor tudo isto, que espera, muito sinceramente continue, e lhe surja sempre, inspiração para isso!

Quatro aninhos, poucos, mas já muito rodados! 

sábado, 28 de março de 2015

HORÁRIO DE VERÃO

E o tempo vai passando inexoravelmente, segundo após segundo, minuto após minuto, hora após hora, muito nasce, outro tanto morre, muito se renova e, sem olhar aquém ou a quê, é chegada a hora de avançarmos essa mesma hora, em mais uma hora, dormimos menos horas no entanto, sentindo a agradável sensação de entrarmos no horário de Verão!




Venham lá esses dias bem maiores, horas maravilhosas, dias de sol, praia e pele bronzeada...

sexta-feira, 27 de março de 2015

MACHADO DA SAUDADE

É através dos problemas dos outros
que nos apercebemos estamos a envelhecer
e mesmo que para já os nossos sejam poucos
um dia, é certo,  iremos também falecer!

Da vida se vão despedindo
seres para mim tão queridos
e à memória, vou somente pedindo,
que não esqueça com eles, tão doces anos vividos!

De pura ternura
de plena felicidade,
angelical candura
machado da saudade...

(do autor Sérgio Moreira)

UM PECADO

Morrer aos trinta e nove anos é pecado!

Luís, ainda tinhas tanto para dar ao fabuloso mundo da escrita, e pecaste! Pecaste ao deixares os teus leitores sem rumo, sem a tua escrita, como tão eloquentemente relataste alguns dos pecados perpetrados pelos Homens que fazem o Vaticano, porque o Vaticano é assim mesmo, feito de pecados, feito de Homens!

- Que a tua alma e o teu corpo descansem em paz, agora que atingiste a maior das eloquências a que um Homem pode almejar, tornar-se imortal, através da escrita e dos livros que nos lega!

Pouco aclamado no seu país de origem, Portugal, aliás, como é apanágio do povo deste país, relegar para segundo plano o que de excelente temos entre portas, valorizando apenas a mediocridade vinda do exterior, Luís Miguel Rocha, escritor e autor de best-sellers, como "A Filha do Papa" e "O último Papa", foi um dos poucos e  únicos escritores de origem nacional a estar presente na lista do NEW YORK TIMES, motivo, que deveria ser de orgulho para todos os portugueses, principalmente para as gentes do norte, de onde era natural e onde residia, nomeadamente na freguesia de Mazarefes, em casa de seus pais, vindo a falecer vitima de doença oncológica.

Aqui fica a homenagem no blogue ao Homem e ao Escritor!


quarta-feira, 25 de março de 2015

- VEM AMOR, VER AS AMEIXOEIRAS EM FLOR! Soneto

- Vem amor
 ver as ameixoeiras em flor! 
- Vem e vê como belas estão
pejadas de flores brancas, como pétalas de algodão!

- Vem amor
vem e vê como belas estão a florir,
abraçados, num intenso fulgor,
possamos observá-las e tocando-lhes, sorrir!

- Vem paixão
vem ver as ameixoeiras
que belas que estão!

Promessas verdadeiras
do meu para o teu coração
e façam os nossos olhos, apaixonados florir!
















(do autor Sérgio Moreira)


terça-feira, 24 de março de 2015

NOITE TRÁGICA EM LANHESES

Foi uma noite trágica esta que se viveu em Lanheses!

Um incêndio destruiu por completo a moradia no lugar do Outeiro onde vivia sozinha a D.ª Zeza do Quintas, de 67 anos de idade, apelido pela qual o autor do blogue conhecia, e infelizmente, a noite veio a revelar-se trágica para esta senhora que acabou por perecer, também ela carbonizada, sob os escombros da moradia onde residia.

Foi realmente um acontecimento trágico e que chamou ao local várias dezenas de populares, entre vizinhos e habitantes desta aldeia, que incrédulos, assistiram a um espectáculo de proporções dantescas, segundo as informações que chegaram ao autor do blogue, dado que não esteve presente. 


Fotografia retirada do site FACEBOOK, do local da tragédia.


O alerta às autoridades foi dado por volta das 18.30h e cerca de uma hora após, as chamas foram dominadas. Ao local compareceram seis viaturas dos bombeiros voluntários e municipais de Viana do Castelo, num total de 17 homens, assim como as autoridades através de um destacamento da GNR. Um dos bombeiros sofreu queimaduras de 1º grau, no ombro, mão e face, motivadas pelas altas temperaturas que se faziam sentir.

O corpo da vitima mortal foi conduzido à morgue da ULSAM.

Aos familiares da vitima mortal, o autor do blogue endossa sentidas condolências.

domingo, 22 de março de 2015

ENTRE CÃO E GATO NINGUÉM META O SAPATO

É célebre o mito de que cão e gato não combinam, assim como gato e rato, no entanto, em casa existem dois indivíduos que, com as suas atitudes e comportamentos, colocam em causa toda esta concepção do mundo animal.

O Sand é um pequeno cachorro sem raça definida, embora muito semelhante a um "Baixote de pêlo cerdoso", com comportamentos caricatos a roçar o apalhaçado, salvo do areal de uma praia que o condenaria mais dia menos dia a morrer, e o Arroz, nem de cabidela, nem de sarrabulho, nem tão pouco de lampreia, é um gato adoptado tipo "Europeu-comum", como todos os outros gatos do mundo, meigo, mas independente, retirado da jaula onde esperava por alguém que o adoptasse, da clínica veterinária que o tinha acolhido temporariamente. 

Ora estes dois rapazotes, criados juntos, divertem por longos minutos quem estas linhas escreve, quando os observa no principal metier do dia-a-dia, a brincadeira. Rebola daqui, morde dali, corre para acolá, no vídeo que abaixo se posta está a prova de que até mesmo se o antagonismo animal por vezes esmorece, como não poderão esmorecer certos e muitos antagonismos entre humanos?


Sand destrói Arroz, que por sua vez não se fica e destrói Sand também..(risos).


Entre cão e gato ninguém meta o sapato, ou, entre gato e cão ninguém ponha a mão! Assim, seguindo este exemplo cá em casa, talvez a vida dos humanos fosse bem mais divertida, bem mais simples e até, bem mais justa...


sábado, 21 de março de 2015

AS PROTAGONISTAS DA PRIMAVERA

São as protagonistas da estação do ano, que no calendário gregoriano entra hoje; são as flores que vão desabrochando languidamente ao sabor dos raios de sol que as bafejam nesta Primavera e com os seus tons e matizes multicolores dão a humano olhar, quando humano olhar as saiba apreciar e para isso tenha a sensibilidade mínima necessária, uma sensação aprazível.























Algumas das flores do meu jardim
prazer em quem as plantou
flores que feliz, me fazem assim,
e ternura delas desabrochou!


(do autor Sérgio Moreira)


sexta-feira, 20 de março de 2015

BEM-VINDA SEJAS PRIMAVERA

Bem-vinda sejas
estação do desabrochar de belas flores
rosas e perfeitos amores
com o Sol quente me flamejas
bem-vinda, Primavera, sejas!

Por isso te dedico esta canção
como tu, tão feminina,
tal como a mãe dá à luz no momento da criação
quando nasce menino ou menina, 
Primavera, ternura, beleza, bênção!

Estação do romantismo
beijos a azul molhados
corpos em impudico nudismo
no areal de uma praia pelo sol bronzeados
em perfeito sincronismo
quando amam e se sentem amados!

Bem-vinda sejas Primavera
Flores, Sol, 
Amor, eterna quimera!



"Flower Duet" - Léo Delibes - Erika Miklosa & Bernadett Wiedemann


(do autor Sérgio Moreira)




quinta-feira, 19 de março de 2015

CHORO...

Choro
porque sei
que a minha mãe hoje chorou.

Choro
porque também hoje eu chorei
por quem nesta vida, vida o abandonou.

Choro
quando escrevo estas palavras.
quando sinto que entre nós, palavras não são mais trocadas.

Choro
porque já cá não estás
porque não te tenho comigo.

Choro
ó tempo volta para trás
trás-me aquele sorriso amigo.

Choro
no meu primeiro dia do Pai, sem ti,
como te queria aqui...

Comigo, com a mãe e com a irmã
tristeza, melancolia vã,
e choro porque escrevendo
liberto todo este sofrimento
entre lágrimas o coração derretendo
e de repente, num sonho, estranho encantamento,
surge um sorriso
e surge um ai
desejo conciso
afinal, estás aqui comigo, meu pai!

Foi um pesadelo
a morte passou
passas a mão no meu cabelo
afinal nem tudo se findou!
Leve...
Breve...
Um sorriso luminoso
no teu rosto radioso
um abraço trocado
entre um filho e um pai, assim pelo filho tão amado!

Choro...
Choro...
Choro...enquanto escrevo.

Porque a minha mãe todo o dia chorou
e a morte a mim, tão dilaceradamente me marcou!

As placas que na escola te escrevia
em especial, neste dia,
eram dedicadas ao melhor pai do mundo
tu, meu pai, palavras sentidas e saídas bem lá do meu fundo...

Choro por te querer
Que mal tem afinal chorar?
Choro porque te continuo a amar
quando estas palavras te estou a escrever!

Sentidas de verdade
quando em mim bate aquela eterna e dolorosa saudade
de Ti...


















(do autor Sérgio Moreira)


quarta-feira, 18 de março de 2015

VISITA DO SECRETÁRIO DE ESTADO DO AMBIENTE, A LANHESES

As obras de requalificação da margem do Lima, em Lanheses, mereceram ontem de manhã a visita do Secretário de Estado do Ambiente, Dr. Paulo Lemos, acompanhado pela sua própria delegação, assim como pelo presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Eng.º José Maria Costa e alguns vereadores. À espera destes, para recebê-los e dar mostras do que se tem feito com esta  obra, estavam os membros do executivo da Junta de Freguesia, Filipe Rocha, Hélio Franco e Cristina Rocha, acompanhados pelo responsável pela obra, Dr. Pedro Teiga, assim como alguns populares.

O autor do blogue não esteve presente, impossibilitado por motivos de ordem pessoal, mas não deixando em branco o importante acontecimento, posta algumas fotografias da autoria de Cristina Rocha que gentilmente as cedeu para que figurassem nesta página virtual. À Cristina Rocha desde já, aqui fica um agradecimento pessoal.








Plantação de Amieiros





Pequeno passeio no Água-arriba







A margem do Lima em Lanheses está a ficar completamente mudada, para melhor claro está!




UM CRUZAMENTO ALGO ESPECIAL

Imagine o(a) leitor(a) que o blogue ganha uma espécie de pernas mecânicas, tronco e braços, uma cabeça no topo do pescoço, feita de milhares de porcas e parafusos atarraxados uns aos outros, ganha olhos e ouvidos metálicos e, sentindo-se vivo, transformando-se num estranho ser, embarca numa aventura estrada fora, conduzindo (porque quem vivo está pode conduzir) um não menos mecânico automóvel! Depois de várias milhas, de vários quilómetros devorados, numa viagem de aventuras, ambas as máquinas, automóvel e blogue, chame-lhe assim por este nome, quem escreve neste momento, a esse estranho ser, Blogue, só isso, Blogue; se detêm junto a um cruzamento, onde aquilo que ali existe é o nada, uma vasta planície coberta de terra e alguma vegetação rasteira com montanhas ao fundo a perder de vista...sopra uma leve brisa de Este, que não abana cabelos, quem em mecânica cabeça, cabelo não tem!

O Blogue sai do carro, move mecânicamente as não menos mecânicas e metálicas pernas, olha em seu redor, virando a cabeça de porcas e parafusos para as placas que marcam as direcções das vias que seguem os quatro sentidos que se lhe apresentam e, por momentos, põe o óleo hidráulico a circular pelas tubagens do cérebro de porcas e parafusos, dando-se por momentos, à reflexão!

A placa que mostra o Sul indica - RETROCEDER - a que mostra o caminho do Norte indica - CONTINUIDADE - a placa da via com sentido à direita, sentido Este, indica - ESTRADA SEM SAÍDA - e a placa com sentido à esquerda, sentido Oeste, indica - MUDANÇA!

O Blogue reflecte, - RETROCEDER? - não, viver tudo de novo, mesmo que, tudo valido a pena tenha! Não! A aposta é seguir em frente! Ficam as deliciosas recordações de (passados) momentos bonitos! Entrar na - ESTRADA SEM SAÍDA-? Impensável! Parar e terminar com a aventura jamais! Apostar na - CONTINUIDADE -? Não, porque sente o Blogue, esta é hora de mudança e olhando para Oeste, à esquerda, sempre à esquerda, o caminho a seguir será o da - MUDANÇA!

Sopra uma brisa leve em terra de ninguém, ninguém se vê, o Blogue cerra os olhos mecânicos, reabre-os uma outra e outra vez, despede-se deste deserto de solidão, entra no mecânico automóvel, engrena a velocidade automática D, vira à esquerda deixando no pavimento após um gemido do contacto da borracha dos pneus com o asfalto as marcas dos mesmos e segue o caminho da mudança...

Um cruzamento ALGO ESPECIAL acaba de ser ultrapassado, o Blogue sorri, só, em perfeita solidão! O Sol pôe-se a Oeste, o mecânico automóvel segue na sua direcção, deixa a terra de ninguém, para em breve se encontrar na terra de todos e experimentar a tal mudança! Braços, pernas, tronco e cabeça mecânicos se transformem em páginas brancas, o Blogue, estranho ser, volte a ser o blogue, embora agora transformado, numa espécie de diário especial!

SOMETHING SPECIAL...


sábado, 14 de março de 2015

COMUNICADO - VISITA DO SECRETÁRIO DE ESTADO DO AMBIENTE, DR. PAULO LEMOS

PARA OS EVENTUAIS INTERESSADOS AQUI SE DIVULGA:



Convidam-se todos os lanhesenses a estarem presentes na próxima terça-feira às 09.45h, junto à margem do rio Lima, para acompanharem a visita do Secretário de Estado do Ambiente, Dr. Paulo Lemos, às obras de conservação e protecção que ali estão a decorrer.

Junta de Freguesia de Lanheses


sexta-feira, 13 de março de 2015

AO SOL NA ESPLANADA

Para um final de semana, que aí está à porta, um set de imagens daqueles, convidativo, a passar umas horas numa das esplanadas que abundam pelo centro cívico da aldeia, entre raios de sol e brisas de vento...

Lanheses encanta e o Inverno vai-lhe docemente dizendo adeus!












Bom fim-de-semana!


quinta-feira, 12 de março de 2015

PERSPECTIVAS

Perspectivas...

Realidades reflectidas
ter e, ou, não saber,
quando as coisas, escondidas,
do olhar não estão
e transmitem ao nosso ser
estranha, mas aprazível sensação!









(do autor Sérgio Moreira)


quarta-feira, 11 de março de 2015

BELEZA SINGULAR

Beleza singular
aqui e em qualquer outro lugar,
apenas assim conseguida
e pela natureza consentida,
num festival de belas cores
que emana de árvores e de suas flores!






(do autor Sérgio Moreira)

domingo, 8 de março de 2015

MARAVILHOSO FEMININO

Maravilhoso feminino
sem ele vida não existiria
sem que padecesse um corpo franzino
ao dar à luz, palavras de alegria,
e das palavras se passem aos actos
com toda a veemência
perante milhares de tristes factos
o poeta insurge-se contra toda violência
porque o mundo vosso é
convosco se torna mais belo
alicerce da casa que amparam em pé
rosa, vermelho e até amarelo
sem mulheres o mundo seria um sítio triste
com a vossa presença, maravilhoso e feminino persiste!


Para si leitora, FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!


(do autor Sérgio Moreira)






sábado, 7 de março de 2015

O SOL DE NOVO POSSA VOLTAR A ARDER

Calmo final de tarde
sob um Sol que em Março arde
num prazer repetido tantas vezes
e aqui sentido em Lanheses,
como na aldeia é bom passear
ao som das aves a chilrear
os peludos na frente a correr
no coração ternura em doses, a derreter,
e sentir assim a chama da natureza
quente, deliciosa,
ardente, maravilhosa,
quando em silêncio tudo é magia
e ao fim da tarde se sente esta alegria
de estar vivo e vivo viver
quando o Sol no céu ainda arde
caindo a noite, se faz tarde,
fechando a porta e a janela
e à noite se feche esta cancela
para em casa permanecer
à espera que amanhã o Sol de novo, possa no céu voltar a arder!







(do autor Sérgio Moreira)


NO CÉU DA SAUDADE - Soneto

Preto e branco no céu a pairar
numa dança de extrema beleza
movimento em círculos no ar
assim é a valsa da natureza!

Cegonhas que estão a dançar
ao som do fluxo dos ventos
para que no solo, humano olhar,
se perca na graciosidade dos seus movimentos!

Assim lhe possa parecer
que a vida será uma eternidade
mil anos possa merecer
de vida, quem é sensível a tão bela realidade!

E na retina se possa reter
a imagem das cegonhas, planando no céu da saudade!










(do Autor Sérgio Moreira)





CABRITADA DA PÁSCOA - UNIÃO DESPORTIVA de LANHESES

Para os eventuais interessados aqui se divulga.

Uma vez mais e em tudo semelhante a edições anteriores, a UNIÃO DESPORTIVA de LANHESES, vai levar a cabo mais um mega jantar, sob o mote, CABRITADA DA PÁSCOA, de acordo com o publicitado no cartaz abaixo postado, sendo esta a quarta edição deste mega convívio, que usualmente junta sócios e simpatizantes do clube da terra. 




APOIE O CLUBE DA TERRA - UDL LANHESES!

sexta-feira, 6 de março de 2015

CONVITE

Para os eventuais interessados aqui de divulga:




Mais logo à noitinha no Agrupamento de Escolas de Arga e Lima.

quarta-feira, 4 de março de 2015

LANHESES E O BLOGUE SSVSA EM ENTREVISTA NA RÁDIO GEICE

Para todos os eventuais interessados aqui se divulga!

A emissão foi para o ar na noite de quarta-feira, dia 04 de Março e aqui se publica o link para aceder à mesma, inserida no programa ArtMatriz Magazine Cultural, um magazine dedicado à cultura e onde se entrevista uma pessoa, grupo ou colectividade, que se destaque na vida cívica pela sua participação cultural. 

Clique no link para ouvir o programa na integra e onde se pode ouvir também a entrevista.

https://dl.dropboxusercontent.com/u/14406756/ArtMatriz%20magazine/N10%20ArtMatriz%20Magazine%20MAR%202015.mp3


Neste mês de Março, aceitando honroso convite, coube ao autor do blogue ser entrevistado pela amiga de longa data Paula Ferreira no magazine cultural.

À Paula Ferreira, ao Sr. Marques e à Rádio GEICE, o autor do blogue deixa um profundo agradecimento por ter merecido esta honra.





O mesmo autor espera muito sinceramente, ter com esta participação radiofónica, dignificado a palavra Lanheses e algumas das suas mais icónicas tradições, que para ele continua e continuará a merecer tanta e tanta estima, tão precioso amor!


E O SOL REGRESSOU EM CHEIO

Final de tarde maravilhoso, acompanhado dos seus peludos, o autor do blogue aproveitou este dia soalheiro de começos do final de Inverno e o Sol regressou em cheio, para dar um pequeno passeio a pé pela veiga, hobby que há muitos dias não vinha praticando, tal o rigor dos elementos climatéricos. 


Delicioso voltar e revisitar alguns dos belos recantos que ocorrem aqui e ali pela veiga!




























Depois de cinco dias seguidos a chover sem parar, era tempo de, ao Sol, o autor do blogue dar umas sentidas boas-vindas!!!