Páginas

quarta-feira, 27 de abril de 2016

29 de ABRIL - DIA DA FREGUESIA - LANHESES

Para os eventuais interessados, aqui se divulga:


“A Junta de Freguesia de Lanheses tem a honra de convidar todos os lanhesenses para a comemoração do Dia da Freguesia, a realizar no dia 29 de abril, na sede da Junta de Freguesia, com o seguinte programa:

20h00 – Sessão Solene no Auditório Gabriel Gonçalves, sob o tema “A história da Imprensa em Lanheses”,
20h30 – Inauguração da exposição sobre a historia da imprensa em Lanheses na biblioteca, seguindo-se o verde honra;
21h30 – O T.A.L., Teatro Amador de Lanheses apresenta a peça: “Aí Sr. Professor, Amores e desamores de um professor de aldeia”.

Dada a lotação limitada do Auditório Gabriel Gonçalves, muito se agradece a inscrição junto dos nossos serviços administrativos”.

Desde já, muito obrigada


Cristina Rocha

terça-feira, 26 de abril de 2016

NA ROTA DOS TRÊS TRATADOS - PELO NORDESTE ONLINE & LIVE

Para que a rota ficasse completa, o viajante atirou-se à estrada acompanhado pela sua companheira de aventuras calcorreando algumas das mais extraordinárias estradas que possa viajante algum encontrar perante o olhar! 

Como o interior está desertificado! Mas ao mesmíssimo tempo como é belo este interior, talvez apanágio do afastamento que o ser humano lhe vai prestando...





A fúria das águas do "Duero"


Quem se chega a Zamora, perde-se logo ali de amores pelo centro histórico deveras bem tratado e conservado, viajante algum ficará indiferente ao peso que a história ali se faz sentir, quer pelas lavadas paredes da sua enorme catedral, quer pelas mesmas, pertenças ao que resta, das muralhas do seu castelo!

































Zamora fica para trás e o viajante atira-se de novo à estrada, o destino é Tordesilhas a última paragem na rota dos três tratados, Alcanizes, Zamora e Tordesilhas! Assim vai o viajante por intermináveis rectas de prazer...





O viajante que chegue a Tordesilhas vindo de sul, depara-se perante o olhar com o majestático cenário das Casas do Tratado, essas mesmo, onde há séculos atrás, Portugal e Espanha assinavam a divisão do mundo!

Séculos de história brotam daquelas paredes, de épocas em que Portugal e Espanha, as duas potências mundiais de então se gladiavam pela conquista do mundo e de novos mundos dentro do mundo!


Ao fundo na imagem, o edifício à esquerda da Igreja de "San Antolin" (transformada em museu) o palácio onde foi assinado o famoso tratado de Tordesilhas!






































Volta o viajante à estrada, regressa a Miranda do Douro, atravessando as terras altas da Meseta Ibérica, onde a urze e o vento são reis e senhores da paisagem, algo desertificada mas de uma beleza indescritível!

Que humano olhar se perca de amores por tão amorosas paisagens...







































Barragem de Miranda do Douro





Espelho de água e as Arribas do Douro








Pelas românticas ruelas de Miranda




















O que resta da muralha da cidade.


Câmara Municipal e escultura representando as gentes e costumes de terras mirandesas


E normalmente como costuma acontecer a quem viaja e como este mundo é muito pequeno, um encontro com um amigo de há muitos anos, de infância até, João Campos, com quem o autor do blogue há muito, mesmo, muito tempo, não privava! Fica aqui a troca de abraços e a promessa de a terras de Miranda, no reino maravilhoso, voltar!






Aqui o olhar perde-se na imensa beleza de transmontanas e agrestes paisagens...
Aqui o tempo passa mais lentamente...
Aqui...VIVE-SE! 



AQUI, NESTE REINO MARAVILHOSO!


(continua)